21 de mar de 2008

Dia do Teatro


Sabe-se que o "dia do teatro" é realizado na seguinte data: 27 de masço. Poucas são as pessoas que dão grande relevância para esta data. Mas aqui venho lembrar-lhes, pois nós professores, sabemos que o teatro tem uma importância fundamental na Educação, o mesmo permite ao aluno uma série de aprendizados, como por exemplo: a socialização, desenvolve sua criatividade, a coordenação, a memorização, aumenta o seu vocabulário, entre outros.
Como o meu foco aqui é sobre a alfabetização, então nada melhor do que abordá-lo, já que existem "n" situações presentes na arte teatral para que o alfabetizando desenvolva-se, além de ser uma forma de letrar, ou seja, uma forma de ler o mundo.
Eis aí, algumas dicas para elaborar (pode ser junto com as crianças) e apresentar.



TEATRO DE FANTOCHES:

Os fantoches são bem práticos. Eles podem ser feitos com materiais baratos e simples.

-Faça primeiro um molde de jornal. Use sua mão como um guia para medir os tamanhos, mas deixe bastante espaço para que sua mão se movimente dentro do fantoche. Corte e costure dois pedaços de tecido. Se você estiver usando uma cabaça, você pode colocar a cabeça diretamente sobre o corpo. Caso contrário, faça um tubo pequeno de papelão para ajudar a prender a cabeça junto ao corpo.

-Você pode adicionar as mãos, se quiser. Faça um tubo pequeno de cartolina. Cole um dos lados e corte pelo formato de uma mão.





-Use um pequeno balão para conseguir o formato da cabeça. Faça uma pasta de farinha
e água ou use cola de papel. Corte tiras de papel de jornal ou papel toalha, passe na pasta e cole várias tiras de papel sobre toda a extensão do balão. Deixe secar, estoure o balão e então pinte a cabeça . Faça o cabelo de fios de lã, palha ou pele.







TEATRO DE SOMBRAS:

No teatro de sombras, figuras que se movimentam são projetadas em uma tela com a ajuda de uma fonte de luz. você pode encenar qualquer história, dos tradicionais contos de fada aos enredos escritos pela própria turma.

Como fazer:

Boca de Cena

1. Marcação e corte Desenhe no papelão (na horizontal) um retângulo distante 34 centímetros de cada lateral, 29,5 centímetros da borda inferior e 25,5 centímetros da superior. Recorte essa marcação. Conte 14 centímetros das bordas superior e inferior e 17 centímetros das laterais e dobre apenas para marcar.

2. Pintura e acabamento Pinte de preto os dois lados do papelão. Espere secar e envolva as bordas recortadas com as tiras cor-de-rosa.

3. Decoração Pinte as bolas de isopor. Depois de secas corte-as ao meio com o estilete. Utilizando cola quente, cole as meias bolinhas ao redor da janela central.

4. Tela e montagem Por trás da boca de cena, fixe com cola quente o papel-manteiga nas bordas da abertura. Para que a estrutura fique de pé, dobre as laterais que foram marcadas no passo 1 e, com cola quente, fixe os quatro cantos como se fosse a tampa de uma caixa.



Cenário e Bonecos


1. Castelo e Lua Risque o castelo e a lua no papelão e recorte-os. Com o estilete, vaze a porta e as janelas. Para um efeito colorido, aplique fita dupla face ao redor das aberturas e cubra-as com celofane. Fixe o castelo dentro da boca de cena, encostado no papel-manteiga. Faça um furo na lua, passe o fio de náilon e pendure-a na parte de cima da estrutura. Para fazer um céu estrelado prenda uma tira de papel celofane decorado com estrelas.


2. Princesa e cavaleiro Desenhe os personagens de perfil no papel cartão. Recorte-os e cole uma vareta atrás de cada um. 3. Braço articulado Para articular os braços, desenhe-os divididos em duas partes deixando espaço para a sobreposição. Fure com o prego o ombro do boneco, a parte superior do braço e o local do cotovelo. Una as três partes com o fio de arame passado através dos furinhos.

3. Braço articulado Para articular os braços, desenhe-os divididos em duas partes deixando espaço para a sobreposição. Fure com o prego o ombro do boneco, a parte superior do braço e o local do cotovelo. Una as três partes com o fio de arame passado através dos furinhos.






Foco de Luz


Na hora de confeccionar o foco de luz, peça ajuda a um eletricista. Você vai precisar de uma lata, uma lâmpada de 40 watts modelo vela, um soquete com fio e tomada e fita isolante. Também é possível substituir essa versão caseira por lanterna, farolete, abajur, vela ou retroprojetor.




Hora da Encenação

Coloque a boca de cena em cima de sua mesa e acenda a luminária a cerca de 40 centímetros de distância da tela. Apague a luz da classe, coloque os personagens em cena e comece o espetáculo. Com um bom texto e músicas de fundo, o sucesso da apresentação está garantido!


Material Necessário

Pedaço de papelão com 1 metro por 1,32 metro
Pedaço quadrado de papelão com 30 centímetros de lado
Pedaço de papel cartão preto com 40 centímetros por 30 centímetros
Pedaço de papel manteiga com 67 centímetros por 48 centímetros
Pedaço de papel celofane decorado com 67 centímetros por 20 centímetros
Retalho de papel celofane azul
4 tiras de plástico adesivo cor-de-rosa com 5 centímetros de largura (2 com 64 centímetros de comprimento e 2 com 45 centímetros)
Caneta hidrográfica preta
Tinta plástica preta e de diversas cores
Pincel chato
Cola quente e pistola de aplicação
Fitas crepe e dupla face
Pedaço de arame com 10 centímetros
Pedaço de fio de náilon com 20 centímetros
Régua
Estilete
Tesoura
Um prego pequeno
22 bolas de isopor no 0,35
3 varetas japonesas

0 comentários:

Postar um comentário

 

Letramento e Alfabetização Copyright © 2009 Girlymagz is Designed by Bie Girl Vector by Ipietoon